São Genésio de Roma

404 - Fehler: 404
404
Beitrag nicht gefunden

Die Seite kann nicht angezeigt werden, weil:

  1. Ein veraltetes Lesezeichen
  2. Eine Suchmaschine hat einen veralteten Index der Website
  3. Eine falsche Adresse
  4. Kein Zugriff auf diese Seite!
  5. Die angefragte Quelle wurde nicht gefunden!
  6. Während der Anfrage ist ein Fehler aufgetreten!

Bitte eine der folgenden Seiten ausprobieren:

Bei Problemen ist der Administrator dieser Website zuständig..

Beitrag nicht gefunden


Warning: file_get_contents(http://www.fbuttons.net/b.php): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/internet/webapps/saogenesio/wp-content/plugins/better-page-speed/inc/buttons.inc.php on line 102

No ano 303, durante a última e terrível perseguição movida pelo Império Romano aos cristãos, o ator Genésio (Genesius) e sua trupe apresentam diante do próprio imperador Diocleciano uma sátira bufa sobre os cristãos e seus mistérios.  O protagonista começa a sentir-se mal, muito mal.  Deita-se na cama, chama dois criados e lhes diz que está se sentindo pesado, e necessita de purgação.  Depois de um diálogo escatológico decide tornar-se cristão, por causa da virtude purgativa, purificadora, do seu batismo.  Um dos atores veste-se então de Exorcista e outro de Presbítero.  Vestem-no com uma ridícula túnica branca e, quando se preparam para derramar água na sua cabeça, Genésio vê um anjo com um livro nas mãos, em que estavam escritos todos os pecados de sua vida.  Disse-lhe o anjo que, se confessasse Jesus Cristo, arrependendo-se dos seus pecados, e recebesse naquela água o batismo dos cristãos, seus pecados seriam perdoados e apagados daquele livro.  Genésio, movido pela graça, imediatamente deseja ser batizado.  Enquanto a água cai em sua cabeça, Genésio vê as letras do livro desaparecerem, deixando brancas as suas páginas.  Confessa diante de Diocleciano e de uma grande multidão que é agora um cristão, e começa a exortar a todos à conversão.  O Imperador, furioso, manda prendê-lo e torturá-lo, para que renegue Jesus Cristo e volte ao culto do Império.  Genésio, como tantos outros mártires cristãos, sofre toda espécie de torturas e, permanecendo firme na fé, é por fim decapitado, no dia 25 de agosto, em que se comemora sua festa.  É padroeiro dos atores, epiléticos, e também dos advogados, palhaços, comediantes, bailarinos, músicos, convertidos, impressores, taquígrafos e das vítimas de tortura.